sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Ás vezes não nos damos conta que temos pessoas importantes ao nosso lado até as perdemos,e aí sim saímos magoados!
Tudo,porque não fomos suficientemente pessoas para o admitirmos...tudo porque tivemos sempre a mania da auto-suficiência,e da exagerada autonomia!
Ainda nessa altura há que ter em mente os momentos em que pensámos:"valerá a pena correr o risco?","será esta pessoa tão importante na minha vida,quanto eu penso que seja?!"e aí...aí sim,podemos descansar em paz...ou aliviados por dever cumprido,ou aliviados porque na altura é o que queremos sentir!
Sentir,a coisa que mais dor de cabeça nos dá...é precisamente sentir...mas,é também uma "limpeza de alma",saber que nutrimos de sentimentos(sejam eles quais forem)por alguém...quer dizer fundamentalmente que somos seres suficientemente sensíveis,ou que plo menos levamos,deste modo,alguém a acreditar que realmente o somos.
Fingir...ser quem na verdade não somos,levar-nos-á a algum lugar!?Termos sucesso/sermos bem aceites na sociedade por segundos?!Mas para que corrermos esse risco,vivendo nós numa sociedade tão ou mais medíocre quanto nós mesmos,quando tentámos parecer quem na realidade não somos?!Com que finalidade!?
Felicidade não se simula,sente-se...vive-se...conquista-se dia após dia que nos levantámos e enfrentámos,ainda que a vontade não seja muita,um novo dia com um enorme sorriso na cara!Não quero com isto dizer que é fácil(sei muito bem que não o é)...mas qual é o mal de tentármos!?Antes isso,ao vulgar e ínsipido queixume:"estou aqui para ver passar os outros?!"Na vida não nos podemos dar ao luxo de,pura e simplesmente,comprármos um bilhete de cinema ou assistirmos a um desfile de moda,com a mágica e reconfortante ideia de que ocupámos a primeira fila!
A Vida(só o próprio nome é belo)é linda,é mágica,é fria,é cruel...troca-nos as voltas quando nos achámos sabedores de todos os seus truques!Surpreende-nos,magoa-nos,manda-nos continuamente ao chão....mas dá-nos sempre a mão para nos ajudar a levantar!Será,então,táo má quanto dizem?
Não dizem todos:"aproveita a vida que ela é curta?"Porque será então que não o fazemos!?Sabendo da brevidade da vida,não é suposto a abraçár-mos!?Ter-nos-emos esquecido que tudo muda constantemente...e que aquilo que tinhamos como certo ao nosso lado,pode,de um momento para o outro...desaparecer?!Aceitaremos nós,a hipótese de ficarmos sozinhos mas connosco próprios(isto só servirá de consolo para quem tiver um interior que os permita descansar em paz,enquanto se confiam a si p´roprios,..mas para isso é preciso ser-se demasiado bom...)...completamente abandonados(mas com uma possibilidade de aprendizagem absolutamente assustadora)á vida e aos obstáculos que com ela vem de mão dada?!

E que tal um bocadinho mais de coragem e um bocadinho menos de mariquice(se me permitem o termo?!)?Não tornaria tudo muito mais fácil?!


Ter-nos-emos apercebido o quanto a vida nos quer?!Tanto que de uma forma sôfrega nos tira o próprio ar de repente?!Estaremos preparados para esse dia!?

3 comentários:

Divinius disse...

Acorda para a vida com tudo que o sentes...
Respira a paz que vive em ti ...
Solta toda a beleza do teu olhar...
Solta toda a brancura da tua ternura...
Gostei de ler:)

Dreamer disse...

Ja tinha saudds destes teus textos!!! :D Com tds as criticas escondidas, apenas visiveis a um olhar atento! As licoes q a vida t ensinou, por vezes nao d mlhor forma... Mas qeiramos qer nao, tds tems q sofrer pa sber apreciar td o q a vida nos oferece! (e sei q tu concordas cmg neste ponto! ;)) Sem sofrimento, nao podemos chegar a felicidade extrema, essa q tds desejamos atingir...
Em suma, adorei os textos menina!! Assim cm t adoro a ti e a tds os momentos q passamos juntas!! E cm tu dizes: "A felicidade nao s simula, sente-se!! Vive-se!!" , portanto sbes q o meu sorriso e verdadeiro qd estou cnt! :) Dá para sentir?? :P



amote****



Qero mais textos destes, pa m elevarem os pensamentos! ;)

Diogo Lopes disse...

Surpreendente texto! Adoro-o!
Através do sofrimento por vezes inesperado, em que perdemos alguém que não queríamos, tornámo-nos seres humanos mais fortes e caminhámos para a felicidade eterna!Devemos agarrar a Vida, tal como disseste! Pois esta é polissémica temos de viver o seu lado bom e o seu lado mau mas sem extremismos senão caminhamos para o abismo que dita o seu fim!
Claro que não devemos fingir! Devemos sempre ser sinceros e honestos para cheagarmos a algum lado! (Excepto nos casos em que temos de "manter as aparências")
Adoro-t!
Bjao